O cliente X (AKI) em 1993 quando decidiu abrir as primeiras lojas em Portugal necessitou de um parceiro logístico – começámos por fazer a operação logistica na “casa” do cliente. Com o crescimento sentiram necessidade de criar um armazém para dois departamentos muito volumosos: Jardim e Madeiras.Foram abrindo mais lojas e as necessidades logísticas foram crescendo. Fomos assimilando mais departamentos até nos tornarmos a base logística nacional.
transportes

• O AKI e a LOGIC, trabalham em parceria desde 1993.
• Em 1997, a Logic construiu um grande armazém, na Póvoa de Santa Iria;
• O Aki começou por ocupar cerca de 5500 m2 de área coberta.
• Iniciámos com o circuito 5
• Atualmente temos cerca de 30.000 m2
• Atualmente temos o circuito 4 (cross-docking com repartição por loja), circuito 5 (regular), circuito 2 (cross-docking), Trânsitos de Loja, Encomendas Especiais Cliente, EAD’s a sair do CD, SAV – serviço a pós-venda (peças);
• Começamos apenas com 2 departamentos (Jardim e Madeiras) e agora temos cerca de 15 departamentos
• Atualmente, o armazém está arrumado de acordo com as lojas (OPTIMAL) e comporta todos os departamentos.
Tópicos:
Investimento em infraestrutura logística
Logística não era core
Adaptação constante aos diversos fluxos, às aberturas de loja e necessidades sistemas informação
Gestão da sazonalidade
 Solução
Centro de Distribuição AKI
Gestão de milhares sku’s com + 10.000 referências em mezzanine e espaços para grandes formatos
Abastecimento 37 lojas
Pré receção de lojas (Ilha Madeira). Rececionamos como se fosse a loja na Madeira mas cá no nosso armazém.
 Retorno
Otimização da cadeia de abastecimento
Custo variável
Integração de novas tecnologias (voice picking) e novos processos pela LOGIC

Retorno

Controlo dos equipamentos (em garantia ou não) e controlo das avarias

Agilizar o processo, + rápido, + comodo

Resposta ao cliente final, melhorando a experiência